O que é E-commerce?

E-commerce ou Comércio Eletrónico é um conceito aplicável a qualquer tipo de negócio ou transação comercial feita online. Permite que os consumidores transacionem bens e serviços virtualmente sem barreiras de tempo ou distância, e através de qualquer dispositivo (computador, tablets, smartphones e, no futuro, provavelmente a partir de qualquer dispositivo inteligente).

À medida que o comércio continua a evoluir, também evoluem as formas de como este é conduzido.

Quais os tipos de E-commerce?

Podemos destacar 4 principais tipos de Comércio Eletrónico:

  1. Business to Consumer (B2C) – este é o modelo de E-commerce mais popular – consiste na venda de produtos/serviços entre uma empresa e o consumidor final (por exemplo, a compra de um par de sapatilhas através do site da Nike);
  2. Business to Business (B2B) – representa transação de bens e/ou serviços entre as empresas (por exemplo entre clientes, parceiros, fornecedores, etc.);
  3. Consumer to Consumer (C2C) – ocorre quando um consumidor vende um produto e/ou serviço diretamente para outro consumidor (por exemplo, através do OLX, eBay, etc.);
  4. Consumer to Business (C2B)  – qualquer indivíduo que venda os seus produtos e/ou serviços para uma empresa (engloba, por exemplo, fotógrafos, consultores, escritores freelancer, “influencers”, etc.).

Quais as tendências do Comércio Eletrónico?

  • Maior Personalização e retenção – hoje em dia é cada vez mais comum os consumidores procurarem uma experiência de compra mais personalizada e adequada a eles – e as empresas devem demonstrar que conhecem os seus clientes e sabem o que estes desejam;
  • Mobile Commerce – é muito importante a aposta numa loja online responsiva, que funcione na sua plenitude em qualquer dispositivo;
  • Produtos/ Serviços digitais – bens adquiridos online que são “consumidos” de forma digital (por exemplo, cursos online, software, templates, etc.);
  • Chatbots – um software que responde automaticamente às perguntas feitas pelos clientes em tempo real – e é sabido que, quanto mais rápido um cliente for atendido, melhor;
  • Dropshipping – neste método de vendas, o stock e a entrega dos produtos fica à responsabilidade de outra empresa – o E-commerce faz a venda do produto e envia essa transação para o fornecedor parceiro que, por sua vez, trata de enviar o item para o cliente final.

Quase todos os produtos e serviços imagináveis estão disponíveis na Internet – alimentos, roupa, livros, viagens de avião e até serviços bancários online.

Porque não também disponibilizar os seus produtos e/ou serviços online? Conte com a Ping! Fale já connosco aqui.

 

Share This
Scroll to Top